Mal e Mau

Qual é a diferença entre mal e mau?

Certamente, essa dúvida é conhecida como uma das mais frequentes entre as pessoas, está a diferença entre mal e mau.

Quer aprender como e qual a forma correta de utilizar? Então, veja as dicas que trouxemos para você.

Saber diferenciar a forma de escrever e quando utilizar, é fundamental para que a frase não fique fora de contexto, e expresse exatamente o que se quer dizer.

Certamente, mau e mal fazem parte de uma classe de palavras chamada palavras homófonas. São palavras que possuem o mesmo som, mas escrevem e significam coisas diferentes.

Aliás, dentro dessa classe, também temos as seguintes palavras: traz e trás, cinto e sinto, sela e cela, concerto e conserto, houve e ouve, dentre outras.

Diferença entre mal e mau

O mal com L é o antônimo de bem. Em contrapartida, o mau com U é o antônimo de bom.

E o que é antônimo? Antônimo é um substantivo que descreve uma palavra que tem um significado oposto a outra palavra. Ou seja, MAU é o contrário de BOM. Enquanto MAL é o contrário de BEM.

Quando usamos MAU e MAL?

O MAL é um advérbio de modo, uma conjunção ou mesmo um substantivo.

Seja como for, quando usamos como advérbio, significa que alguma coisa não foi bem feita, ou foi feita incorretamente.

Contudo, quando usamos como substantivo, indica doença, tristeza ou problemas. Assim como também pode significar até mesmo algo nocivo ou prejudicial.

Para utilizar o MAL no plural, a palavra muda sua grafia para males.

Exemplos:

  • Eu não desejo mal a ninguém
  • Ele deve estar passando mal
  • Este é um mal que não gostaria de passar

Diferenças entre as palavras MAU e MAL

O MAU sempre será um objetivo usado para descrever alguém ou algo de uma forma negativa, tal como “ruim” ou “imperfeito”.

Quando usamos como um adjetivo no feminino, se transforma em MÁ, e seu plural será MÁS ou MAUS.

Exemplos:

  • Joaquim é um mau funcionário.
  • Beatriz acordou de mau humor hoje.
  • Jane era muito má com seus filhos.

Adjetivo

  • Ele tinha uma fama de ser mau.
  • Fernando é um filho mau.
  • Sempre soubemos que ele tinha um mau-caráter.

Substantivo

  • Eu não desejo mal a ela.
  • Todo o mal pode ser evitado
  • A ansiedade é um dos males do século.

Exemplo (advérbio)

  • Estou me sentindo mal hoje.
  • Ela fez isso de mal jeito.
  • Ele está fazendo isso por mal.

Conjunção

  • Mal pisei na rua e já tropecei
  • Mal abri a boca e já fui repreendido.
  • Mal cheguei e já tive que ir embora.

Enfim, para poder gravar o uso dessas duas palavrinhas, é muito importante fazer vários exercícios, escrevendo textos e frases que utilizem essas palavras, e até mesmo relendo esse conteúdo.

Assim, será possível tirar de vez essas dúvidas, e demonstrar um ótimo conhecimento da língua portuguesa.

Sem dúvida, aprender a diferença entre mal ficou fácil agora.

Outras diferenças

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.