Anfíbio e Réptil

Você sabe a diferença entre anfíbio e réptil?

 Anfíbio e Réptil: parece um título de filme de monstros, mas é uma clássica questão de classificação de animais. Embora ambos sejam vertebrados de sangue frio e os dois sejam frequentemente confundidos um com o outro, existem algumas diferenças importantes.

Muitas pessoas pensam que a diferença é se um animal passa ou não algum tempo na água, mas é mais complicado do que isso.

Neste artigo, explicaremos como a diferença geralmente envolve duas distinções principais: onde os ovos são colocados (na terra ou na água) e o tipo de pele (escama ou não). Enfim, forneceremos vários exemplos de anfíbio e réptil e revelaremos em qual categoria as cobras, lagartos, tartarugas e sapos se enquadram.

O que é um réptil ?

Os animais classificados como répteis (classe científica Reptilia ) distinguem-se por várias características fundamentais. Os répteis pertencem ao grupo taxonômico de animais conhecidos como vertebrados e são de sangue frio, o que significa que não podem regular sua própria temperatura corporal – a temperatura do sangue corresponde à temperatura do ambiente. Os répteis têm pulmões e uma cobertura externa de escamas ou placas córneas. Eles geralmente colocam seus ovos em terra firme.

Exemplos de répteis

Aqui estão alguns exemplos comuns de répteis :

  • cobras
  • lagartos (incluindo lagartixas e camaleões)
  • crocodilos e jacarés

O que são anfíbios ?

Os anfíbios (classe científica Amphibia ) também são vertebrados de sangue frio. Os ovos de anfíbios são colocados na água e geralmente são fertilizados após a postura (e não o contrário). Eles eclodem na água como larvas aquáticas. Eles nascem com brânquias que lhes permitem respirar debaixo d’água, onde passam seu desenvolvimento inicial. Mas como a maioria das espécies se desenvolve em adultos, eles passam por uma metamorfose, desenvolvendo quatro patas e pulmões e se tornando mais terrestres (o que significa que passam muito tempo em terra). Os anfíbios têm a pele lisa – eles não têm escamas.

Pense em como os sapos começam a vida como girinos: eles passam seu período inicial debaixo d’água com guelras e caudas, e depois desenvolvem pernas e saem da água para passar algum tempo em terra.

Alguns anfíbios têm a forma de lagartos, mas não são lagartos de verdade – e não têm escamas.

Exemplos de anfíbios

Aqui estão alguns exemplos comuns de anfíbios :

  • sapos
  • salamandras, tritões e axolotes (podem ter a forma semelhante aos lagartos, mas não têm escamas)

As tartarugas são répteis ou anfíbios ?

As tartarugas estão frequentemente em muitos dos mesmos habitats que cobras (que são répteis) e sapos (que são anfíbios). Mas muitas espécies de tartarugas alternam entre a terra e a água, uma característica clássica dos anfíbios e, como muitos anfíbios, algumas tartarugas têm uma pele de aparência lisa. As tartarugas são, no entanto, répteis: com exceção de uma espécie, as tartarugas põem seus ovos em terra – pense em como até as tartarugas marinhas rastejam até a praia para depositar seus ovos na areia. Os ovos das tartarugas são fertilizados antes de serem postos e, apesar da aparência de algumas tartarugas, eles têm escamas.

De onde vêm as palavras réptil e anfíbio ?

Anfíbio vem do grego amphi-, que significa “ambos”, e bios, “vida” – uma referência ao fato de que eles passam suas vidas tanto na terra quanto na água. Reptile vem do latim reptilis, que significa “rastejar” – uma descrição do movimento rastejante de répteis como cobras e lagartos.

Qual a diferença entre o réptil e anfíbio?

Embora répteis e anfíbios sejam vertebrados de sangue frio, existem diferenças significativas em suas características e ciclos de vida. Os ovos de répteis fertilizam internamente e geralmente os animais os colocam em terra firme, enquanto os ovos de animais anfíbios se fertilizam após colocados na água. Os répteis nascem com pulmões, enquanto os anfíbios nascem com brânquias para respirar debaixo d’água – onde eclodem e passam seu desenvolvimento inicial (cultivando pulmões e pernas mais tarde). Os répteis têm escamas, enquanto os anfíbios têm pele fina e lisa. Pois cobras, tartarugas e lagartos são répteis. Mas rãs, sapos, salamandras e tritões são anfíbios.

Outras diferenças

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.